terça-feira, 16 de dezembro de 2014

OPHIDYA, A Rainha Serpente de E.C. Nickel



Começamos esta apresentação com a citação do amigo Jose Salles, que tão bem define  E.C. Nickel, para apresentarmos esta pérola do Quadrinho Brasileiro que é OPHIDYA - A Rainha Serpente, criada em 1981, para a linha de terror da Editora Vecchi.

“A saga de Ophydia, A Rainha Serpente demonstra que E.C.Nickel não é somente um excelente desenhista, mas também um roteirista de mão cheia, capaz de narrar uma história excelente, e de escrever ótimos diálogos. Sua HQ é impecavelmente bem construída, história ágil, aventura movimentada, cheia de suspense, ação, e com notáveis referências aos melhores filmes de terror do cinema, especialmente dos delirantes filmes B." 
José Salles - Fanzineiro, blogueiro, roteirista e editor.
HQs publicadas:
1-Ophidya, A Rainha-Serpente - Sobrenatural #31 - Outubro/1981
2-A Volta da Rainha-Serpente - Sobrenatural #35 - Janeiro/1982
3-Paixão e Veneno - Almanaque de terror #03 - Julho/1982
4-O Criador de Zumbis—Almanaque Sobrenatural#08 - Julho/1983
5-O Monstro da Doutora Stein - Spektro #28 - Agosto/1983

Após a queda da Atlântida e antes dos primeiros registros históricos, Ophidya era uma rainha que fez um pacto com o Demônio: Juventude eterna em troca de almas para o Senhor das Trevas. Aprisionada por um mago, no interior de uma pirâmide na Amazônia, ela adormeceu por milênios, até reviver na época atual, quando sua tumba foi violada por dois arqueólogos. Um deles, Walter, teve seu corpo usurpado por um lacaio de Ophidya e sua mente ficou aprisionada no corpo mumificado daquele. Ophidya vai para uma grande cidade e passa a espalhar o terror, sugando a essência vital de incontáveis humanos para manter sua juventude. A múmia a segue e acaba destruindo a Rainha-Serpente, retornando ao seu corpo. Este é um resumo da primeira HQ.

Na segunda HQ, Walter tem pesadelos com Ophidya e sente que deve retornar à pirâmide para se livrar deles. Um culto de nativos sacrifica uma garota e, graças á sua essência vital, Ophidya retorna à vida. Ajudado por um espírito nativo, que pode assumir a forma de um jaguar negro, Walter derrota os membros do culto e Ophidya foge, transformada numa pequena serpente.

Na terceira HQ, o Demônio entra em cena, revoltado com o fato de Ophidya ter se apaixonado por Walter, revelando seu lado humano. Ele transforma Walter num monstro, a quem Ophidya mata, sem saber que era o seu amado.

Na quarta história, “criaturas de andar lento e pesado” perambulam como outros seres da escuridão “procurando abrigo contra a luz do sol, ou algum nefasto intento guia seus passos?...” Uma história de zumbis que vai fazer a Rainha Ophidya se surpreender...

Na quinta HQ, uma velha cientista mantém seu esposo vivo graças a transplantes de órgãos. Ao matar um assaltante que invadiu sua mansão, ela transplanta seu coração para o marido e ele revive, como um moderno monstro de Frankenstein. Como ele deseja uma esposa jovem, eles raptam Ophidya, que trabalhava como dançarina em uma boate, planejando transplantar o cérebro da cientista para o corpo da Rainha-Serpente. Como era de se esperar, eles se dão mal...

Estes scans foram cedidos pelo próprio autor, de quem somos fã de carteirinha e a arte da capa, é uma contribuição do amigo Alex Genaro, um dos criadores da Valkiria. Esperamos que curtam mais este resgate da nossa memória através de nosso Selo Digital-HQ Quadrinhos em parceria com o QUADROID de E.C. Nickel. Desejamos uma boa leitura!

Lancelott

Nenhum comentário: